Pas d'autre Amour.

Just another WordPress.com site

o dia

leave a comment »

Ontem, no dia 19 de março de 2014, foi um dia ensolarado na capital paulista. Se choveu lá fora, eu não ouvi, não senti. E, é claro, não me molhei.

Não sei como aconteceu, mas uma fichinha colorida rasgou o teto de contreto do prédio em que eu estava, bateu na minha cabeça com força e me fez abrir os olhos com espanto e gratidão: eu entendi! Lá do céu, deu pra ouvir: ” – Aleluia, menina! Cê tava vacilando enquanto eu soprava no teu ouvido e cutucava teu coração. Muitas vezes, fiz você achar até que era uma dor física. Revolta, preguiça, siricutivos sem fim. Precisei usar o velho truque do cair da ficha. Clássiqueira! Funcionou!.”
Eu resolvi que vou deixar o meu emprego. Não só ele: toda a sua rotina confortável e previsivél. E boa!
Sair de algo bom não é fácil. E essa foi a minha história: trabalho num emprego bom, com experiências ótimas e um bom salário. E o desafio foi enxergar que o BOM não deve ser melhor que o MUITO BOM – e é pra lá que eu quero ir! Sou tão pequena, não posso ficar bloqueada. Decidi que vou sair por aí e experimentar! Não tenho ideia o que vou achar: não troquei por outra empresa nem por um projeto concreto (mesmo que milhares pipoquem na minha cabeça). E agora, o que vai acontecer?

Anúncios

Written by maryloverra

março 20, 2014 às 7:24 pm

Publicado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: